A cadeia logística, como o próprio nome sugere, é a interligação de um conjunto de atividades que vai desde a elaboração de um produto, até sua distribuição e comercialização. Esse sistema transcende a relação fornecedor-cliente, pois envolve a comunicação cliente-fornecedor, como por exemplo, os sistemas de trocas ou reclamações.

Com a globalização do mercado, muitas indústrias tiveram que se adaptar para se manterem competitivas e o maior desafio está em manter a qualidade dos produtos, com o menor custo possível. É aqui que entra a cadeia logística, um conjunto de fornecedores, prestadores de serviços e distribuidores, trabalhando em parceria buscando um melhor resultado para todos. Essa cadeia é composta por seus clientes, fornecedores, produtores, distribuidores, revendedores, ou seja, todos por quais o produto irá passar.

Estudos relatam que com a evolução social, a qualidade e o preço já não são suficientes para garantirem vantagem competitiva. Surgiu assim a necessidade das Empresas inovarem no quesito atendimento ao cliente, agregando ao produto ou serviço mais conforto, segurança, tecnologia e disponibilidade de informação. A cadeia de suprimentos, como também é chamada, tem como desafio atender a esses requisitos adicionais, proporcionando assim novas vantagens competitivas às Empresas.