O modal rodoviário enfrenta diversas dificuldades no Brasil. Com uma estrutura extremamente precária e margem de lucro bem menor que qualquer outro modal, o rodoviário continua sendo a principal escolha para transporte de cargas. Entenda um pouco melhor as dificuldades desse modal.

 

Estrutura

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) realizou recentemente uma pesquisa que revelou que apenas 11,1% das rodovias do país são asfaltadas e, dentro dessas, dois terços necessitam manutenção. Foi divulgado em outubro do ano passado um estudo que apontou problemas em 62,1% das principais rodovias do país.

 

Custos

Com uma infraestrutura ainda precária e a necessidade urgente de manutenção, o modal rodoviário custa três vezes e meia a mais que o modal ferroviário e nove vezes mais que fluvial. Além disso, esse modal é responsável por 90% do consumo do diesel direcionado para transportes no país.

 

De fato, é complicado compreender como esse modal continua predominante no Brasil com tantos pontos contrários.