Categorias
Logística

Atenção redobrada para o estoque

Setor importante para lojas e vendas, o estoque muitas vezes não tem seu prestígio reconhecido. O mau planejamento ou administração dessa área trazem fortes danos a qualquer empresa. Por isso, procure evitar prejuízos e corrija essa situação antes de maiores problemas.

Problemas comuns

A ausência de um produto na hora da venda é talvez um dos piores traços de um estoque mal administrado. Existem dois fatores que levam a esse caso: a falta da fiscalização de produtos, ou a demora na compra junto ao fornecedor. Além do prejuízo direto pela perca da venda, mostra desorganização e passa insegurança ao cliente.

Planejamento

Na hora de adquirir novos produtos, é importante saber quais estão saindo mais e quais estão em maior ou menor quantidade. Sintoma comum de um estoque mal administrado é a compra errada de novos produtos. Isso pode resultar em produtos de baixa venda encalhados, e produtos de grande rotatividade em escassez.

O ideal é utilizar um software para controle de estoque, isso facilita a entender as entradas e saídas e ajuda a manter uma organização quanto aos produtos. Hoje já existem várias opções, basta escolher a que melhor se adapta às suas necessidades e manter seu estoque preparado para o mercado.

Categorias
Intralogística Logística

O que é cadeia logística?

A cadeia logística, como o próprio nome sugere, é a interligação de um conjunto de atividades que vai desde a elaboração de um produto, até sua distribuição e comercialização. Esse sistema transcende a relação fornecedor-cliente, pois envolve a comunicação cliente-fornecedor, como por exemplo, os sistemas de trocas ou reclamações.

Com a globalização do mercado, muitas indústrias tiveram que se adaptar para se manterem competitivas e o maior desafio está em manter a qualidade dos produtos, com o menor custo possível. É aqui que entra a cadeia logística, um conjunto de fornecedores, prestadores de serviços e distribuidores, trabalhando em parceria buscando um melhor resultado para todos. Essa cadeia é composta por seus clientes, fornecedores, produtores, distribuidores, revendedores, ou seja, todos por quais o produto irá passar.

Estudos relatam que com a evolução social, a qualidade e o preço já não são suficientes para garantirem vantagem competitiva. Surgiu assim a necessidade das Empresas inovarem no quesito atendimento ao cliente, agregando ao produto ou serviço mais conforto, segurança, tecnologia e disponibilidade de informação. A cadeia de suprimentos, como também é chamada, tem como desafio atender a esses requisitos adicionais, proporcionando assim novas vantagens competitivas às Empresas.

Categorias
Logística Serviços logísticos

De olho nas inovações dos equipamentos do ramo logístico

É interessante para qualquer empresário saber como andam as inovações tecnológicas responsáveis por processos importantes dentro da cadeia logística. Há uma nova geração de leitores de código de barras que pretende agilizar o trabalho dentro dos centros de distribuição (CDs), fábricas e varejo. A notícia vem da Revista Tecnologística, que mostra os modelos de equipamentos CK3 e suas variações, da Intermec, empresa especializada em transmissão de dados.

Dentre as inovações estão uma bateria de longa duração, leitor avançado e disponibilidade de linguagem HTML5. Os novos aparelhos aguentam bem as quedas bruscas de temperatura, realizam leitura de códigos 1D e 2D e possibilitam a leitura de códigos danificados ou de pequena qualidade, bem como, leitura onidirecional ou com movimentos bruscos. Com a nova bateria, é possível trabalhar durante um turno inteiro, conforme a demanda, e ainda há recursos como bluetooth, rádio e leitor RFID opcional.

Visite sempre o nosso blog e acompanhe às novidades da área de logística.

Leia mais a respeito dos equipamentos de código de barras na página da Revista Tecnologística.

Categorias
Serviços logísticos

O suprimento da carência de armazéns para gerenciamento de estoques

Os armazéns também costumam ser chamados nas empresas de depósito ou almoxarifado. O espaço serve para estocagem de produtos com a intensão de protegê-los da ação do tempo, das avarias e das perdas. De acordo com a demanda, por meio do “gerenciamento de estoques” os produtos entram e saem, respeitando épocas de consumo e necessidades mercadológicas. As empresas costumam terceirizar a utilização desses espaços porque nem sempre detêm essas áreas disponíveis em sua infraestrutura física, optando por contratar uma empresa de logística.

Empresas especializadas como a BPLog, além de oferecerem espaço para armazenagem em seus barracões, gerenciam os estoques de seus clientes desde a chegada do produto, sua organização horizontal e vertical, etiquetagem para controle até o despacho final para a transportadora. Para isso são utilizados equipamentos com o porta paletes, cantilever, dinâmica e push-back. Especificamente na BPLog, a armazenagem tem ligação direta com o chamado ressuprimento. As exigências cumpridas envolvem administração de estoques e seus níveis, cálculo de pontos de ruptura para compra de novas mercadorias, gerenciamento por categoria, entre outros. A lógica do processo é simples. As companhias fazem a seleção do pedido e, após a confirmação da venda, os produtos são separados no processo de picking, evitando falhas.

Por que os armazéns são importantes para a logística?
A BPLog, e outras empresas de logística, há tempos mudou o conceito de armazenagem por área. A altura também faz parte do processo e isso aumenta a capacidade de espaço, pois se pensa em metros cúbicos. O bom aproveitamento de espaço contribui para a economia e não há mais como destinar péssimos locais para o processo. A armazenagem ganhou grande importância na cadeia produtiva e sai na frente quem entende o avanço e interpreta seus custos como investimento. Infelizmente, o Brasil ainda é carente nessa área e a BPLog, numa tentativa de contribuir para o crescimento do setor, investe no ramo e oferece esse tipo de espaço para os clientes, bem como toda a operação logística que esse tipo de trabalho exige.

Para a logística, a armazenagem tem importância porque melhora a cadeia:

  • Suprimento – Produção – Distribuição.
  • Estratégia – Técnica – Operação.

Para darem certo, essas atividades precisam absorver a administração de materiais, o planejamento da produção, o suprimento e a sua distribuição física. Tudo deve estar integrado para firmar o conceito perante o cliente. A armazenagem é considerada uma das atividades de apoio ao processo logístico, principalmente nas atividades primárias. A função requer, basicamente:

  • Localização.
  • Dimensionamento.
  • Arranjo físico.
  • Equipamentos e mão de obra especializada.

Além disso, uma instalação de armazenagem deve ser capaz de assumir funções como:

  • Recepção e consolidação de produtos de vários fornecedores.
  • Recepção de produtos de uma fábrica e distribuição a diversas unidades ou fornecedores.

Lembrando que a atividade deve sempre tratar das funções básicas de recebimento, estocagem, administração de pedidos e expedição.