Categorias
Intralogística Logística Serviços logísticos

Logística terceirizada e suas vantagens

Com um grande papel para vários setores, a logística é indispensável para um bom funcionamento de grandes empresas que utilizam transportes para a entrega e compra de materiais. Cada vez mais reconhecida e valorizada por indústrias que perceberam a diferença que a eficiência logística traz, veja as vantagens ainda maiores de obter um setor de logística terceirizado.

 

Transporte

Com o transporte de cargas terceirizado a chance de espaços desocupados é bem mais baixa, tendo em vista que a transportadora busca encaixar mais de uma entrega no mesmo transporte, otimizando assim o ambiente. Outra grande vantagem nesse setor é a redução de custos com a aquisição e manutenção de caminhões ou possíveis meios de transporte.

 

Softwares de gerenciamento

Uma vantagem pouco lembrada mas que é bem importante também é a economia em questão a softwares de gerenciamento como WMS ou TMS que ajudam no armazém e no transporte. Esses sistemas costumam exigir um certo investimento inicial, porém quando terceirizada a empresa contratada costuma diluir esse valor por seus clientes. Junto disso, ainda segue a vantagem do armazenamento externo, que além de ser mais prático ainda permite que funcionários mantenham o foco empresarial apenas para as vendas e produção.

 

Gestão de pessoas

Outro benefício da terceirização é o fato de ter uma equipe especializada dentro de sua empresa sem que você tenha que se preocupar com pequenos desgastes. Além disso, é inevitável lembrar que por mais que o setor logístico de uma empresa tenha profissionais bastante capacitados e desenvolvam um serviço de qualidade, empresas especializadas em logística estão em constante crescimento e sempre investindo em cursos, treinamentos e aperfeiçoamento geral de seus funcionários.

 

E ai, o que achou? A BP Log possui um sistema de terceirização com várias soluções e diferenciais para ajudar no crescimento da sua empresa, confira nossos serviços e continue acompanhando nosso blog para ficar por dentro do mundo da logística.

Categorias
Intralogística Logística

Dicas para escolha de um galpão logístico

Essencial para a estocagem de produtos, o galpão logístico tem uma função bastante importante para o sistema logístico da empresa. Responsável por acolher e armazenar produtos até a hora da entrega, a escolha de um galpão deve ser realizada com cuidado e atenção a vários detalhes. Entenda melhor o que deve ser levado em consideração na hora dessa decisão.

 

Altura

A altura do galpão, que em termos técnicos é chamado de pé-direito, é a altura do ponto mais baixo de sustentação do espaço. Além de ser bastante importante para uma melhor ventilação do lugar, é bom lembrar que os itens serão armazenados via empilhamento de caixas, por isso é bom procurar por uma altura um pouco mais elevada de acordo com os produtos trabalhados.

 

Piso

Também pelo fato do empilhamento de caixas, é bom procurar por um lugar que tenha o piso bastante resistente, levando em conta o peso que os produtos exercem no pavimento. O mais indicado nesses casos é que o piso resista a pelo menos seis toneladas por metro quadrado.

 

Área

Pode parecer óbvio lembrar, mas é importante calcular bem a área de trabalho do espaço. Além do espaço de armazenagem é importante pensar também no espaço de circulação tanto para funcionários quando para veículos que serão conduzidos para carga e descarga.

 

E ai, gostou das dicas? Continue acompanhando nosso blog para ficar sempre por dentro do mundo da logística.

Categorias
Logística

Cabotagem: o que é?

A cabotagem é na verdade um tipo de transporte de cargas no modal marítimo, baseada em navegar sem perder a costa de vista. Esse sistema teve início a muito tempo atrás com as navegações ao redor de continentes para suas demarcações demográficas.

Com o tempo, foi observado que a prática poderia economizar uma boa quantia de custos para a logística. Sem a necessidade de enfrentar alto mar, os navios não precisam ter um porte ou equipamento tão refinado quanto os demais.

É verdade que cada país possui sua própria legislação para a prática da cabotagem, nos Estados Unidos, por exemplo, é obrigatório que o dono do navio e pelo menos 75% de sua tripulação sejam cidadãos do país.

Já no Brasil, apesar de não haver uma implicação quanto a nacionalidades, a cabotagem ainda é um processo meio complicado de se lidar, devido a tantas restrições burocráticas. Hoje, apesar de não fazer muito sentido, ainda é mais vantajoso o transporte em alto mar ao processo de cabotagem.

Então, já conhecia esse sistema? Continue acompanhando nosso blog para saber mais curiosidades logísticas.