Categorias
Logística

Logística e sustentabilidade

Quando pesquisamos o significado de logística, vários conceitos podem ser encontrados, mas o fato é que o conteúdo é sempre relacionado a gestão. Saiba mais sobre a relação entre a logística e como esse gerenciamento tem se adaptado as novas preocupações com a sustentabilidade e ações ecológicas.

 

Valores

Antigamente, grandes indústrias costumavam poluir e danificar agressivamente o meio ambiente de formas bem inconsequentes simplesmente por acreditar que o caminho mais curto ou aparentemente prático seria o melhor. Com o passar dos anos, diversas indústrias perceberam que o mais interessante realmente é buscar maneiras fáceis e menos agressivas.

É verdade que algumas alterações na legislação ajudaram bastante para que esse pensamento se propagasse, porém é possível observar que algumas soluções ecológicas por vezes acabam sendo bem econômicas também. Um grande e ao mesmo tempo simples exemplo é o uso de embalagens com material reciclável, uma saída inteligente e que além de reduzir custos ainda ajuda no cuidado ao meio ambiente.

 

Marketing

Outro fator bem legal para empresas que buscam um sistema mais ecológico, é que o publico em geral tem valorizado cada vez mais essa ação. Quando agregado ao nome da marca ou empresa, essa atitude costuma trazer bons olhos e uma simpatia maior por parte de clientes e consumidores.

 

Uma boa solução e que também ajuda bastante nessa relação entre a logística e a sustentabilidade é a logística reversa, um sistema que tem sido cada vez mais utilizado, você pode saber um pouco mais sobre como ele funciona nesse post.

E ai, o que achou dessa atitude? Continue acompanhando nosso blog para ficar por dentro do mundo da logística.

Categorias
Logística

Telemetria: o que é?

 

A telemetria nada mais é do que um sistema de envio de dados, normalmente de monitoramento, via telecomunicação. No começo do processo a transmissão era normalmente cabeada a até 30 metros ou sem fio, daí o nome telemetria. Hoje, com os avanços da tecnologia, essa limitação já não existe mais e não é mais necessário estipular uma distância máxima.

Aplicações

A telemetria é muito utilizada para o monitoramento na distribuição de recursos, assim como energia e água, pois permite monitorar em tempo real os reservatórios utilizados. No ramo da agricultura, assim como na meteorologia, a telemetria é responsável acima de tudo por fiscalizar condições climáticas.

Logística

Na logística a telemetria é utilizada para o monitoramento do transporte de cargas, garantindo a segurança do veículo, dos produtos e do transportador caso ocorra algum acidente ou desvio de carga. Além disso, com a fiscalização da telemetria e as informações por ela registradas e transmitidas, é possível também aperfeiçoar o desempenho de cada veículo.

 

Você já conhecia a telemetria? Esse sistema é utilizado na sua empresa? Continue acompanhando nosso blog para ficar por dentro das novidades do mundo da logística.

 

Categorias
Logística

FleetBoard: o que é?

Uma boa gestão de frotas é essencial para um melhor desenvolvimento da logística empresarial. Utilizando a tecnologia a seu favor, a Mercedes-Benz lançou o sistema FleetBoard. Já presente em mais de 20 países, o método chega esse ano ao Brasil.

 

Como funciona

O motorista deve inserir seu destino e características do veículo no sistema, que gera relatórios diários por meio de mensagens de status. Essas mensagens indicam informações como início do trabalho, chegada ao ponto de carregamento, tempo de espera, numero de nota fiscal entre outros detalhes relevantes.

Vantagens

O sistema foi desenvolvido para quem procura maior eficiência e redução de custos de consumo e manutenção. A Mercedes-Benz ainda afirma que empresas que já aderiram o sistema registraram também uma redução no cansaço de motoristas, diminuindo assim o gasto com motivação de equipe. É considerado um método inovador de gestão de frotas via internet, moderno, seguro e extremamente confiável.

 

Gostaram da novidade? Fiquem de olho no nosso blog para essas e outras curiosidades de logística.

Categorias
Logística

Atenção redobrada para o estoque

Setor importante para lojas e vendas, o estoque muitas vezes não tem seu prestígio reconhecido. O mau planejamento ou administração dessa área trazem fortes danos a qualquer empresa. Por isso, procure evitar prejuízos e corrija essa situação antes de maiores problemas.

Problemas comuns

A ausência de um produto na hora da venda é talvez um dos piores traços de um estoque mal administrado. Existem dois fatores que levam a esse caso: a falta da fiscalização de produtos, ou a demora na compra junto ao fornecedor. Além do prejuízo direto pela perca da venda, mostra desorganização e passa insegurança ao cliente.

Planejamento

Na hora de adquirir novos produtos, é importante saber quais estão saindo mais e quais estão em maior ou menor quantidade. Sintoma comum de um estoque mal administrado é a compra errada de novos produtos. Isso pode resultar em produtos de baixa venda encalhados, e produtos de grande rotatividade em escassez.

O ideal é utilizar um software para controle de estoque, isso facilita a entender as entradas e saídas e ajuda a manter uma organização quanto aos produtos. Hoje já existem várias opções, basta escolher a que melhor se adapta às suas necessidades e manter seu estoque preparado para o mercado.

Categorias
Logística Serviços logísticos

Serviços de rastreamento dão mais segurança ao transporte de cargas

Quando o fim do ano chega há um aumento nas compras e um giro muito maior de mercadorias. Nessa época, normalmente, as transportadoras e empresas de logística têm aumento na demanda e as estradas ficam movimentadas. Infelizmente, é também nessa época que as quadrilhas de roubo de carga estão aguçadas. Sabemos que os governantes e responsáveis pela segurança pública não medem esforços para solucionar o problema e evitar casos assim, mas uma prevenção a mais é sempre bem-vinda.

As soluções de rastreamento de veículos são uma boa saída, possibilitando o acompanhamento de todas as etapas da viagem e consequente proteção do motorista, carga e veículo. O objetivo de se credenciar a um serviço como esse é facilitar a tomada de decisões durante um eventual roubo, como o travamento do motor e aviso aos órgãos competentes de segurança pública.

Dados
A Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística (NTC&Logística) publicou os casos de roubo de carga ao longo do ano passado e eles cresceram 5,7%, em comparação com 2010. Ao todo, foram registradas 13 mil ocorrências em todo o Brasil, com 83,57% em rodovias da Região Sudeste. O prejuízo, pelas contas da NTC&Logística, chegaram a R$ 920 milhões. Valor que merece uma boa análise para estabelecimento de estratégias de segurança.

Soluções
Com os modernos aparelhos de rastreamento é possível buscar o posicionamento dos veículos pelo GPS e bombardear os operadores com informações em intervalos regulares, mostrando, inclusive, em que estado o veículo se encontra: portas abertas, velocidade, desengate da carreta, quebra de antena e corte de combustível.

É bom prestar atenção a esses detalhes para não ocorrerem surpresas. Assim, o final de ano pode mesmo ser bastante significativo para os negócios. Pense nisso.

Fonte: Revista Mundo Logística

Categorias
Logística

A preparação das empresas para receber uma consultoria

 

Ao optar por uma consultoria os administradores de uma empresa precisam de duas certezas: de que há necessidade de reorganização e de que tais mudanças têm mesmo chance de aplicação, após o diagnóstico do consultor. O maior entrave das consultorias interna ou externa é a barreira política imposta pelos próprios gestores da empresa-cliente que, embora tenham contratado o serviço, não aceitam as críticas ou não lhe dão a atenção que deveriam, imaginando que o consultor deva ser a pessoa a aplicar novas diretrizes sem que haja necessidade de intervenção hierárquica.

Isso é um erro. O consultor, baseado em sua vasta experiência, é o profissional capaz de apontar caminhos e soluções baseadas em análises internas e da situação mercadológica, mas ele não é o gestor e nem a pessoa indicada para tomar decisões que interfiram no futuro de uma companhia, ficando as decisões finais ao encargo da chefia. Por isso, o sucesso da consultoria depende diretamente do interesse da alta gerência e da colaboração dos funcionários de todos os setores, uma vez que esses últimos costumam torcer no nariz para imposições. Sabendo disso, dentro da empresa não pode surgir a cultura de encarar o consultor como inimigo, e sim, como um colega de trabalho detentor de uma visão externa e mais apurada do negócio. Dessa forma, todos juntos transformarão rotinas e redirecionarão objetivos em busca do sucesso de um ramo de atividade. Se não for assim, a consultoria fica a mercê do fracasso.

Na hora de contratar
Uma consultoria não pode ser vendida. É a empresa-cliente que sente uma necessidade e vai até o mercado em busca dos consultores. Ao decidir pela contratação, há fatores a serem levados em consideração como:

  • De que região serão os consultores — da própria cidade ou de outras regiões.
  • A especialidade da qual se necessita.
  • Será uma consultoria feita por pessoa física ou empresa.
  • Procurar por especialistas em determinado assunto ou de conhecimento geral.

Há que se pensar também na diferença de uma consultoria interna — feita por um funcionário contratado da empresa — para uma consultoria externa — alguém de fora. No primeiro caso corre-se o risco de não aceitação de ideias, uma vez que o profissional se vê respeitando uma hierarquia de comando normalmente avessa a mudanças e batendo de frente na concorrência dos colegas de trabalho que, muitas vezes, optam por não mover uma palha para ajudar por conta de ambições pessoais.

Com a consultoria externa os problemas também existem e as barreiras são difíceis de transpor, mas o profissional não tem relação com a empresa e carrega consigo toda a experiência de consultorias anteriores, o que vai facilitar o diálogo com a chefia e empregados.

Tipos de consultoria
Vamos nos atentar aos dois tipos mais comuns:

  • A consultoria por um pacote de soluções já formatadas.
  • A consultoria personalizada.

A primeira oferece ao cliente estruturas engessadas, pouco maleáveis e que servem para administração de setores de produção ou para a conquista de certificado ISO. Os resultados são mais perceptíveis em curto prazo, mas ela não é tão procurada por conta das inúmeras transformações tecnológicas que ocorrem o tempo todo. Contar apenas com organização dos setores de produção não garantem as transformações gerencias exigidas pelo mercado nem impedem o surgimento de novos problemas, uma vez que a diretriz administrativa permanece com a mesma mentalidade.

A consultoria personalizada tende a ser mais eficiente porque é contratada pela alta administração. A partir de um determinado problema ou necessidade organizacional para o crescimento quebram-se paradigmas e a empresa passa a trabalhar em um projeto estruturado em métodos e técnicas específicas para o seu universo. Não há um prazo determinado para conclusão, a velocidade do trabalho segue de acordo com as implementações das novas estratégias e a chance de sucesso é bem maior, considerando que a empresa-cliente já identificou que existe um problema a ser sanado e todos os envolvidos estão prontos para absorver novos conhecimentos e para a troca de experiências.

Preparação na área de logística
Na consultoria em logística é realizado o processo completo desde o diagnóstico, planejamento, implantação e acompanhamento do projeto para que a empresa-cliente se diferencie junto a concorrência e se torne mais competitiva. As áreas de atuação são:

  • Almoxarifado.
  • Armazenagem.
  • Produção.
  • Expedição.
  • Distribuição.
  • Transporte.
  • As etapas incluem:
  • Mapeamento do processo atual.
  • Elaboração e apresentação do diagnostico.
  • Definição dos projetos.
  • Implantação.
  • Acompanhamento e avaliação dos resultados.

Esta é uma consultoria que envolve praticamente todos os setores de uma empresa. Para que dê o resultado esperado os administradores devem estar cientes do que significa um trabalho como esse dentro da sua estrutura administrativa e dispostos a seguir com o projeto até a sua implantação final.